Menu Lateral
 
São Tiago, 25 de Abril de 2017 :: 84 visitantes online.

Saúde divulga plano contra possível epidemia de doenças transmitidas pelo Aedes

Publicado em 06/03/2017 00:00:00


O Poder Público está vigilante contra Chikungunya, Dengue e Zika Vírus. Mas população também precisa ficar atenta e evitar acúmulo de água em locais que podem se transformar em criadouros do mosquito Aedes aegypti

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do setor de Vigilância Epidemiológica e Ambiental, divulgou estratégias que devem ser tomadas caso ocorra uma epidemia de Dengue, Chikungunya e Zika em São Tiago, no biênio de 2017 e 2018. Todas as três doenças são causadas pelo mosquito Aedes aegypti.

O chamadoPlano Municipal de Contingência Contra a Dengue, Zika Vírus e Febre Chikungunya 2017-2018” tem o objetivo de “treinar, organizar, orientar, facilitar, agilizar e uniformizar as ações necessárias às respostas de controle e combate” a um possível surto das doenças.

Entre as ações previstas no Plano estão o preparo de profissionais para enfrentar a epidemia, conhecimento de fatores que podem diminuir a mortalidade de pessoas, levantamento de meios técnicos disponíveis no município e planejamento de mobilização de profissionais e moradores para evitar um possível surto.

Embora a Dengue, Chikungunya e Zika estejam controladas em São Tiago, a sociedade não pode descuidar do combate aos criatórios do vetor que transmite as doenças, o mosquito Aedes aegypti.

Ele se reproduz e faz a postura de ovos em objetos que acumulam água, como em compartimentos que ficam escondidos na parte de trás de geladeiras.

O Poder Público Municipal está comprometido com a prevenção de uma possível epidemia. Agentes de saúde fazem visitas às residências para orientar e identificar possíveis criatórios do Aedes. Além disso, há mobilização nas escolas e estão previstos mutirões de limpeza de lotes.

A epidemia mais recente de Dengue em São Tiago foi registrada em 2015. Naquele ano, a Secretaria de Saúde diagnosticou 81 casos suspeitos, entre os quais 48 deram positivo. Uma morte foi causada pela doença. Em 2016, foram notificados 63 casos suspeitos, sendo 19 positivos e nenhum óbito.

Até o momento, 2017 apresentou dois casos suspeitos, mas ambos deram negativo. As ações da Secretaria de Saúde e a mobilização da sociedade têm sido fundamentais para o combate ao Aedes e às doenças que ele transmite.      

http://saotiago.mg.gov.br


Mais Notícias

(c) 2017 - Prefeitura Municipal de São Tiago
Endereço: Praça Ministro Gabriel Passo, nº 681 Cep: 36.350-000 - Cidade: São Tiago / MG
Tel.: (32) 3376-1022 - Email: prefeitura@saotiago.mg.gov.br

Versão: 2017.04.10
Alternar para Versão Mobile
Desenvolvido por: